Conheça a história do Leblon, um dos bairros mais nobres do Rio de Janeiro

O que fazer em Ipanema
O que fazer em Ipanema
14 de novembro de 2017
Já programou o seu Réveillon no Leblon
Já programou o seu Réveillon no Leblon
8 de dezembro de 2017
Mostrar tudo

Conheça a história do Leblon, um dos bairros mais nobres do Rio de Janeiro

Conheça a história do Leblon, um dos bairros mais nobres do Rio de Janeiro

O Leblon é conhecido mundialmente por ser uma ótima localização para quem vai se hospedar no Rio de Janeiro. Mas nem todo mundo conhece bem esse cantinho tão especial e charmoso da cidade maravilhosa. Por isso, conheça a história do Leblon, um dos bairros mais nobres do Rio de Janeiro.

Conheça a história do Leblon, um dos bairros mais nobres do Rio de Janeiro

Fonte: Wikipédia.

Localizado na Zona Sul da cidade, o Leblon fica entre Ipanema, Gávea e o Vidigal. Por ser um local tão único, ele sempre serve como inspiração para músicas e já foi o cenário de inúmeras novelas. Além disso, não é difícil passear pelo Leblon e encontrar pessoas famosas, como atores e cantores, sendo este considerado um bairro muito nobre.

Conta a história que o Leblon ganhou esse nome tão peculiar em homenagem empresário francês Charles Le Blond. Ele foi dono de parte das terras da orla da zona sul por muito tempo, o que fez com que a área recebesse seu nome. Posteriormente, no século 19, essas terras foram loteadas e vendidas, deixando bairro mais parecido com o que conhecemos hoje.

Charles Le Blond era uma figura importante não só por possuir muitas terras, mas também por ter uma empresa de pesca de baleias. Sua chácara que, ocupava metade do atual bairro, localizava-se entre onde hoje é a atual Rua Bartolomeu Mitre, indo até o fim da praia. O local era conhecido como a área ou o campo do Le Blond e, posteriormente, foi abreviado para Leblon.

Bairro nobre no Rio de Janeiro

Fonte: Trilhas e Aventuras.

Também ocorreu a instalação de quilombo no local, que acabou completamente desocupado depois da abolição da escravatura, em 1888. Mas foi somente no ano de 1918 que se construiu a primeira ponte ligando as avenidas Vieira Souto, em Ipanema, e Delfim Moreira, no Leblon, criando-se uma orla contínua mais convidativa.

A urbanização do bairro teve início no século XX, com a construção de ruas, avenidas e praças. A partir de 1920, um sistema de saneamento foi implantado, o que melhorou muito o bairro. Nas décadas seguintes, e culminando nos anos de 1950 e 1960, a especulação imobiliária fez com que muitas casas fossem derrubadas para a construção de prédios de luxo.

Tornando-se o reduto das famílias mais abastadas, o bairro do Leblon passou a receber atenção especial (detalhe observado até hoje). A área é muto bem arborizada, recebe constante atenção quando a sua limpeza e urbanização, além de também ser considerado um bairro bonito e seguro. Não a toa, muitos turistas que vem ao Rio fazem a opção de se hospedar no Leblon.

Conheça o Leblon

Fonte: Meu RJ.

Quem mora no Leblon praticamente não precisa sair do bairro: lá existem ótimas escolas, restaurantes conceituados, shoppings, cinemas, teatros, bancos, um vasto comércio e todo tipo de comodidade no dia a dia. Tudo isso também é algo que conta muito para os turistas, que dão preferência a bairros mais completos para se hospedar.

Apesar de não ter uma vida noturna tão agitada quanto a de Ipanema, bairro vizinho, é possível encontrar várias opções de diversão para quem deseja esticar a noite no Leblon. Bares, botecos e botequins tradicionais dividem espaço com restaurantes modernos e até boates e casas de show. Opções de diversão não faltam.

Com uma história tão interessante, conhecer o Leblon é algo que todos os turistas (e também os cariocas) devem fazer. O bairro é eclético e recebe bem a todos, tornando-se ainda mais acessível agora com a instalação de estações de metrô. Quem visita a cidade não pode deixar de conhecer o Leblon, um dos bairros mais nobres do Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *