Passeios de barco no Rio de Janeiro
10 de novembro de 2016
Confira a agenda do Carnaval do Rio de Janeiro
1 de fevereiro de 2017
Mostrar tudo

Conheça Petrópolis

Petrópolis é a cidade imperial. Talvez por isso ela tenha um charme e beleza tão especial. É possível ir e voltar de Petrópolis em um único dia e, por isso, muita gente gosta de fazer viagens rápidas até lá. Conheça Petrópolis e seus atrativos:

Conheça Petrópolis

Fonte: Wikipedia.

Museu Imperial: o belo palácio no estilo neoclássico servia como moradia de verão para a família real. As inúmeras salas do museu mostram toda pompa e circunstância em que Dom Pedro II e sua corte viviam. Móveis, roupas, joias e inúmeros documentos sobre a história do país estão expostos e constituem o acervo do Museu Imperial. O passeio costuma durar algumas horas, principalmente para quem deseja aprender um pouco mais sobre essa parte da história do país. (Rua da Imperatriz 220, Centro)

Casa de Santos Dumont: o inventor do avião e do relógio de pulso mantinha uma peculiar residência em Petrópolis, que atualmente funciona como um museu sobre sua vida. É importante estar atento a todos os detalhes quando se visita esse museu, pois Santos Dumont foi realmente uma pessoa muito inteligente e inusitada. Uma escada super diferente, um chuveiro quente que funciona sem eletricidade e uma réplica do 14 Bis são algumas das atrações do local. (Rua do Encanto 22, Jacintinho).

Palácio de Cristal: inspirado no Crystal Palace, em Londres, o Palácio de Cristal de Petrópolis foi um presente do Conde d’Eu para sua esposa, a Princesa Isabel. Construído na França, o palácio foi desmontado e trazido para o Brasil para servir como estufa para a princesa cultivar suas hortaliças. O local também foi palco da celebração da abolição da escravatura e, atualmente, pode ser visitado e também é utilizado para eventos. (Rua Alfredo Pachá, sem número, Centro).

Catedral de São Pedro de Alcântara: com uma arquitetura inspirada no estilo gótico franco germânico, a igreja se destaca na paisagem da cidade imperial devido a suas torres pontudas. Com belos vitrais e uma imagem de São Pedro de Alcântara esculpida em mármore carrara, a igreja recebe fiéis do mundo todo para missas e orações. No entanto, o maior destaque da igreja é o Mausoléu Imperial, que tem esculturas em tamanho natural das pessoas lá sepultadas. (Rua São Pedro de Alcântara, 60, Centro).

Passeio em Petrópolis

Fonte: Terra.

Cervejaria Bohemia: até quem não gosta de cerveja vai gostar de conhecer a fábrica de uma das cervejas mais tradicionais do Brasil. A antiga fábrica da Bohemia também funciona como museu, contando a história de como essa bebida surgiu, através de uma exposição altamente tecnológica, que conta até com apresentações em 3D. No final do passeio, é possível fazer um happy hour no Bar Bohemia e ainda comprar lembrancinhas para a família no Empório Bohemia. Datas e horários da visitação devem ser marcados diretamente com a cervejaria. (Rua Alfredo Pachá, 166, Centro).

Beer Tour: a fábrica da cerveja Itaipava não tem um museu. A programação é voltada para quem deseja conhecer uma fábrica de cerveja em pleno funcionamento. Caminhando por passarelas e camarotes é possível conhecer as matérias-primas, as máquinas e todos os processos pelos quais os ingredientes passam para virar cerveja. O passeio termina com uma degustação na loja da fábrica. Datas e horários da visitação devem ser marcados diretamente com a cervejaria. (Acesso pelo km 51 da BR-040 para Juiz de Fora, 35 km, Pedro do Rio).

Palácio Quitandinha: construído para ser originalmente o maior hotel cassino da América Latina, o Palácio Quitandinha funciona atualmente como um polo de cultura e lazer aberto à visitação. Outra parte dele é um condomínio de luxo, que não pode ser visitado, somente por seus moradores ou convidados. Se o tempo estiver bom, também é possível fazer passeios de pedalinhos no lago. (R. Joaquim Rolla, 2, Quitandinha).

Museu de Cera: as esculturas, exibidas em cenários minuciosamente montados, têm dimensões originais e impressionam muito pela semelhança com as personagens originais. As estátuas foram distribuídas pelos dois andares do casarão e, logo na entrada, Dom Pedro II e Princesa Isabel dão boas-vindas a seus visitantes. (Rua Barão do Amazonas, 35, Centro).

Conheça Petropolis

Fonte: Gasca Tur.

Casa do Colono: a bela casinha, com arquitetura simples, guarda um pouco da história dos colonos alemães no Brasil. Construída pelo foreiro alemão Johan Gottlieb Kaiser, em 1847, a casa guarda um vasto acervo de objetos de uso pessoal, como roupas, fotografias e utensílios domésticos, assim como obras de arte, periódicos e documentos da época. (Rua Cristóvão Colombo, 1.034)

Rua Teresa: nem só de história imperial vive Petrópolis. A cidade também é famosa pelo polo têxtil da Rua Teresa, uma espécie de shopping a céu aberto que abriga lojas de roupas de todos os tipos, principalmente de marcas especializadas em malha. A Rua Teresa é uma das mais importantes da cidade e funciona todos os dias, inclusive domingos e feriados. Pode ser difícil conseguir uma vaga ou mesmo andar pela rua, principalmente em épocas de grande movimento, como julho e dezembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *